2015

UNCERTAIN BODY, A COREOGRAFIA DO ALZHEIMER

Uncertain Body é uma coreografia sobre a doença do Alzheimer.  Ilustra o drama sentimental da perda,  a luta interior do querer recordar,  o esquecimento…
O dismistificar da doença: a vergonha, a recusa da busca por ajuda, a aceitação da doença.  É  uma locomoção através do movimento, da mente.
A minha dança é interpretativa de estados e momentos de indivíduos portadores da doença de Alzheimer, e de quem como eu, os rodeia.
Exploro sentimentos, vivências, lembranças e lembranças de lembranças criando um estudo pessoal e biográfico, do movimento.
Ser mãe é o maior acto de coragem quem alguém pode ter porque é uma exposição a todo o tipo de dor e principalmente da incerteza de agir correctamente.

cartaz sombra interior.jpg

SOMBRA INTERIOR

Dois homens acordam sem qualquer memória. Têm que resolver o mistério no qual estão envolvidos e sobreviver ao drama da clausura e do esquecimento.
“Sombra Interior” e um espectáculo no género do thriller psicológico fortemente influenciado na estética de film noir, oriundo no expressionismo alemão, e pela série clássica, “A Quinta Dimensão” de Rod Serling. Nele, os seus personagens são vítimas das circunstâncias entrando num abismo de paranóia, desconfiança e confissão.

Interpretação: Luis Nascimento e João Vilas
Encenação: Carlos Pereira
Escrito por: Luis Nascimento e João Vilas
Coreografia: Carlos Pereira e Luis Nascimento
Sonoplastia: Criação Colectiva
Produção: Liliana Leite
Fotografia: João Carlos Photography
Composição Musical:Tristan und Isolde de Richard Wagner
Interpretação: Sandra d´Andrade
Voz‐off: Rui Quintas
Voz‐off: Liliana Leite
Duração: 60 min